Radiologia Brasileira - Publicação Científica Oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia

AMB - Associação Médica Brasileira CNA - Comissão Nacional de Acreditação
Idioma/Language: Português Inglês

Vol. 53 nº 6 - Nov. / Dez.  of 2020

ARTIGO ORIGINAL
Print 

Page(s) 359 to 365



Alterações metabólicas no giro do cíngulo posterior em pacientes HIV-positivos com e sem déficit de memória

Autho(rs): Diogo G. Corrêa1,2,a; Eelco van Duinkerken3,4,b; Nicolle Zimmermann3,5,c; Rochele P. Fonseca5,d; Emerson L. Gasparetto1,2,e

PDF English

Texto em Português English Text

Descritores: HIV; Déficit de memória; Giro do cíngulo posterior; Espectroscopia por ressonância magnética.

Keywords: HIV; Memory deficit; Posterior cingulate gyrus; Magnetic resonance spectroscopy.

Resumo:
OBJETIVO: Nós avaliamos se os pacientes HIV-positivos com e sem déficits de memória clinicamente significativos e controles saudáveis diferem na espectroscopia de prótons do giro do cíngulo posterior, por ressonância magnética (RM) cerebral.
MATERIAIS E MÉTODOS: Vinte e um pacientes HIV-positivos com déficit de memória foram comparados com 15 pacientes HIV-positivos sem déficit de memória e 22 controles, pareados por sexo, idade e escolaridade. As deficiências de memória foram classificadas por meio do desempenho no Teste de Aprendizagem Auditivo-Verbal de Rey. A espectroscopia de prótons foi realizada com tempo de eco curto (30 ms), por voxel único, no giro do cíngulo posterior, utilizando aparelho de RM de 1,5 T.
RESULTADOS: Os pacientes HIV-positivos com e sem déficit de memória apresentaram aumento da relação colina/creatina no giro do cíngulo posterior, comparados aos controles. Não houve diferenças significativas nas relações metabólicas no grupo HIV-positivo com déficit de memória, em relação ao grupo de pacientes HIV-positivo sem déficit.
CONCLUSÃO: Pacientes HIV-positivos com e sem déficits de memória apresentaram relações colina/creatina significativamente aumentadas em relação aos controles, no giro do cíngulo posterior, o que pode refletir inflamação cerebral, alteração do metabolismo da membrana celular, microgliose e/ou astrocitose.

Abstract:
OBJECTIVE: We aimed to evaluate whether human immunodeficiency virus (HIV)-positive patients with and without clinically significant memory deficits and healthy control participants differ on in vivo hydrogen-1 magnetic resonance spectroscopy (H-MRS) in the posterior cingulate gyri.
MATERIALS AND METHODS: In total, 21 HIV-positive patients with memory deficit (HIV+wMD) were compared with 15 HIV-positive patients without memory deficit (HIV+wOMD) and 22 sex-, age-, and education-matched control participants. Memory impairments were classified based on the participants’ performance on the Rey Auditory Verbal Learning Test. Short echo time (30 ms), single-voxel H-MRS was performed using a 1.5-T magnetic resonance scanner.
RESULTS: The HIV+wMD and HIV+wOMD groups had higher choline/creatine ratio in the posterior cingulate gyri than the control group. There were no significant metabolite ratio differences between the HIV+wMD and HIV+wOMD groups.
CONCLUSION: HIV-positive patients with and without memory deficits had significantly higher choline/creatine ratios than controls in the posterior cingulate gyri, which may reflect cerebral inflammation, altered cell membrane metabolism, microgliosis, and/or astrocytosis.


 
RB RB RB
GN1© Copyright 2020 - All rights reserved to Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Av. Paulista, 37 - 7° andar - Conj. 71 - CEP 01311-902 - São Paulo - SP - Brazil - Phone: (11) 3372-4544 - Fax: (11) 3372-4554