Radiologia Brasileira - Publicação Científica Oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia

AMB - Associação Médica Brasileira CNA - Comissão Nacional de Acreditação
Idioma/Language: Português Inglês

Vol. 52 nº 5 - Set. / Out.  of 2019

ARTIGO ORIGINAL
Print 

Page(s) 293 to 298



Avaliação quantitativa do volume cerebral em um grupo de idosos de São Paulo, Brasil: um estudo de base populacional

Autho(rs): Mariana Athaniel Silva Rodrigues1; Thiago Pereira Rodrigues2; Mayana Zatz3; Maria Lúcia Lebrão4,†; Yeda Aparecida Duarte5; Michel Satya Naslavsky6; Felipe Barjud Pereira do Nascimento7; Edson Amaro Junior8

PDF English

Texto em Português English Text

Descritores: Envelhecimento; Encéfalo; Ressonância magnética; Neuroimagem; Interpretação de imagem assistida por computador/ método.

Keywords: Aging; Brain; Magnetic resonance imaging; Neuroimaging; Image interpretation, computer-assisted/methods.

Resumo:
OBJETIVO: Analisar, quantitativamente, o volume cerebral de idosos em uma amostra de base populacional em São Paulo.
MATERIAIS E MÉTODOS: O estudo é uma avaliação radiológica e análise quantitativa baseada em voxel com alinhamento de superfície de 525 imagens de ressonância magnética de participantes de uma coorte de idosos (SABE – Saúde, Bem-estar e Envelhecimento) em São Paulo, Brasil, com idades de 60 a 103 anos, dos dois sexos.
RESULTADOS: Observamos redução média do volume cerebral total de 2,4% por década após os 60 anos de idade. A redução de volume ocorreu na substância cinzenta e na substância branca com a idade. A relação entre volume cerebral intracraniano e volume cerebral total diferiu entre homens e mulheres.
CONCLUSÃO: Nós reproduzimos os achados de estudos prévios em populações americanas e europeias. A relação entre volume intracraniano e volume cerebral é maior em homens, o que pode representar fonte de viés na avaliação de atrofia radiológica convencional, já que essa avaliação é usualmente baseada em análise de espaços liquóricos intracranianos.

Abstract:
OBJECTIVE: To perform a quantitative analysis of the brain volume of elderly individuals in a population-based sample.
MATERIALS AND METHODS: This was a radiological assessment and voxel-based quantitative analysis, with surface alignment, of 525 magnetic resonance imaging scans of individuals between 60 and 103 years of age who participated in the Saúde, Bem-estar e Envelhecimento (Health, Well-being, and Aging) study in the city of São Paulo, Brazil.
RESULTS: We noted a median rate of reduction in total brain volume of 2.4% per decade after 60 years of age. Gray and white matter both showed volume reductions with age. The total brain volume/intracranial brain volume ratio differed between males and females.
CONCLUSION: We have corroborated the findings of studies conducted in the United States and Europe. The total brain volume/intracranial brain volume ratio is higher in men, representing a potential bias for the conventional radiological assessment of atrophy, which is typically based on the evaluation of the cerebrospinal fluid spaces.


 
RB RB RB
GN1© Copyright 2019 - All rights reserved to Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Av. Paulista, 37 - 7° andar - Conj. 71 - CEP 01311-902 - São Paulo - SP - Brazil - Phone: (11) 3372-4544 - Fax: (11) 3372-4554