Radiologia Brasileira - Publicação Científica Oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia

AMB - Associação Médica Brasileira CNA - Comissão Nacional de Acreditação
Idioma/Language: Português Inglês

Vol. 51 nº 5 - Set. / Out.  of 2018

ARTIGO ORIGINAL
Print 

Page(s) 303 to 307



O papel de uma nova sequência de ressonância magnética na avaliação do esqueleto fetal: um estudo piloto

Autho(rs): Renata do Amaral Nogueira1; Heron Werner Júnior1; Pedro Daltro1; Glaucia Macedo Lima2; Adauto Dutra Barbosa2; Edward Araujo Júnior3

PDF English

Texto em Português English Text

Descritores: Feto; Doenças do desenvolvimento ósseo; Ressonância magnética.

Keywords: Fetus; Bone diseases, developmental; Magnetic resonance imaging.

Resumo:
OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi demonstrar o papel da ressonância magnética (RM) incluindo uma nova sequência chamada de volumetric interpolated breath-hold examination (VIBE) modificada que permita a reconstrução tridimensional para avaliação do esqueleto fetal.
MATERIAIS E MÉTODOS: Foram analisadas 22 mulheres grávidas portando fetos com anomalias congênitas, não exclusivamente esqueléticas, as quais foram observadas em exame de ultrassonografia prévia. Para a aquisição das imagens de RM utilizou-se aparelho 1,5 T com a sequência VIBE modificada, ponderada em T2. Reconstruções tridimensionais foram feitas, manualmente, no próprio aparelho ou em uma estação de trabalho pen tablet interativo.
RESULTADOS: Foi possível demonstrar a reconstrução tridimensional do esqueleto fetal por RM, com base em uma aquisição volumétrica da sequência VIBE modificada em todos os exames de RM do esqueleto fetal.
CONCLUSÃO: Uma avaliação detalhada do esqueleto fetal pelas reconstruções tridimensionais realizadas após a aquisição da imagem usando sequência de RM VIBE modificada permitiu uma avaliação completa do esqueleto fetal, entretanto, as melhorias nessas sequências devem ser o foco de estudos futuros.

Abstract:
OBJECTIVE: We aimed to study the role of magnetic resonance imaging (MRI), including a novel MRI sequence—the modified volumetric interpolated breath-hold examination (VIBE)—in the characterization of the fetal skeleton. This novel sequence was useful for reconstructing three-dimensional images of the skeleton.
MATERIALS AND METHODS: We enrolled 22 pregnant women whose fetuses had shown congenital abnormalities on ultrasound examinations. The women underwent prenatal fetal MRI in a 1.5-T scanner with a T2-weighted modified VIBE sequence. Three-dimensional reconstructions of the fetal skeleton were performed manually on the instrument itself or via an interactive pen-tablet workstation.
RESULTS: Three-dimensional reconstructions of the fetal skeleton were performed after the acquisition of modified VIBE MRI sequences, and it was possible to characterize the fetal skeleton in all MRI examinations.
CONCLUSION: A detailed evaluation of the three-dimensional reconstructions of fetal skeleton performed after acquisition of a modified VIBE MRI sequence allowed a full characterization of the skeleton. However, improvements to the proposed sequence should be addressed in future studies.


 
RB RB RB
GN1© Copyright 2018 - All rights reserved to Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Av. Paulista, 37 - 7° andar - Conj. 71 - CEP 01311-902 - São Paulo - SP - Brazil - Phone: (11) 3372-4544 - Fax: (11) 3372-4554