Radiologia Brasileira - Publicação Científica Oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia

AMB - Associação Médica Brasileira CNA - Comissão Nacional de Acreditação
Idioma/Language: Português Inglês

Vol. 35 nº 6 - Nov. / Dec.  of 2002

ORIGINAL ARTICLE
Print 

Page(s) 323 to 327

Transjugular intrahepatic portosystemic shunt (TIPS) and suprahepatic venous stenting in the management of Budd-Chiari syndrome

Autho(rs): Jurandi A. Bettio, Sílvio A. Cavazzola, Leandro A. Scaffaro, João Batista Petracco, Raul Ritter dos Santos

PDF Português

Texto em Português English Text

Keywords: Budd-Chiari syndrome, Transjugular intrahepatic portosystemic shunt (TIPS), Suprahepatic occlusion

Descritores: Síndrome de Budd-Chiari, "Shunt" portossistêmico intra-hepático (TIPS), "Stent" venoso supra-hepático

Abstract:
OBJECTIVE: To evaluate the use of transjugular intrahepatic portosystemic shunt (TIPS) and suprahepatic venous stenting in the management of Budd-Chiari syndrome, emphasizing the indications, technical aspects and the advantages of the procedure. MATERIALS AND METHODS: Nine patients with Budd-Chiari syndrome were referred to the Hemodynamics Service of "Hospital São Lucas", Porto Alegre, RS, Brazil, for percutaneous procedure. Suprahepatic venous occlusion was detected in all cases using Doppler sonography. In the TIPS procedure, a snare loop was identified in the inferior vena cava just below the right atrium at the site of expected outflow of the occluded hepatic vein. After sonographic and fluoroscopic localization of the portal bifurcation, the needle was advanced into the portal vein and a stiff guide wire was introduced. Venography was performed and a stent was implanted. Follow-up color Doppler examinations were obtained in all cases at different intervals. RESULTS: Prominent hepatic venous stenosis was detected in three patients that were treated with suprahepatic stent implantation. Two of these patients required TIPS due to thrombosis of the stent. In the other six patients a TIPS creation was done. During follow-up, shunt dysfunction occurred in three of eight patients, requiring repeat intervention and insertion of another endoprostheses in two patients, mechanical thrombectomy and balloon dilatation in one and coil embolization of ectatic collaterals in another patient. CONCLUSION: TIPS is a safe and effective procedure for the treatment of portal hypertension caused by Budd-Chiari syndrome, allowing clinical and hemodynamic improvement and avoiding invasive approaches.

Resumo:
OBJETIVOS: Descrever o uso do "shunt" intra-hepático portossistêmico (TIPS) e do "stent" venoso supra-hepático no manejo da síndrome de Budd-Chiari, enfocando suas indicações, aspectos técnicos e benefícios do procedimento. MATERIAIS E MÉTODOS: De janeiro de 1999 a março de 2002, nove casos de síndrome de Budd-Chiari foram encaminhados ao Serviço de Hemodinâmica do Hospital São Lucas, Porto Alegre, RS. A obstrução venosa supra-hepática foi constatada em todos os casos por meio de ultra-sonografia com Doppler em cores. A criação de TIPS foi realizada entre o sistema venoso supra-hepático ou a veia cava inferior e a veia porta, posicionando-se a endoprótese entre as duas abordagens. Doppler em cores pós-procedimento foi efetuado em todos os pacientes em períodos seriados. RESULTADOS: Três casos foram tratados inicialmente com inserção de "stent" venoso por apresentarem estenose preponderante em veias supra-hepáticas. Em dois desses casos ocorreu trombose do "stent", sendo necessária colocação de TIPS. Os demais seis casos foram tratados primariamente com TIPS. Dos oito "shunts" criados, trombose da endoprótese foi constatada em três casos, resolvidas com limpeza dos trombos e dilatação com balão em um caso e inserção de novas próteses nos demais. Embolização com molas de colaterais venosas ectasiadas foi efetuada em um paciente. CONCLUSÕES: A colocação de TIPS constitui-se numa estratégia terapêutica segura e efetiva na síndrome de Budd-Chiari, promovendo uma significativa melhora clínica e hemodinâmica dos pacientes, evitando procedimentos mais invasivos e podendo, em casos sem cirrose estabelecida, servir de tratamento definitivo da hipertensão portal.

Available only in Portuguese

 
RB RB RB
GN1© Copyright 2022 - All rights reserved to Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Av. Paulista, 37 - 7° andar - Conj. 71 - CEP 01311-902 - São Paulo - SP - Brazil - Phone: (11) 3372-4544 - Fax: (11) 3372-4554