Radiologia Brasileira - Publicação Científica Oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia

AMB - Associação Médica Brasileira CNA - Comissão Nacional de Acreditação
Idioma/Language: Português Inglês

Ahead of Print

Print 

Page(s) 1 to 6



As diversas faces do linfoma hepático primário e secundário: manifestações de imagem e abordagem diagnóstica

Autho(rs): Aldo Maurici Araújo Alves1; Ulysses Santos Torres2; Fernanda Garozzo Velloni3; Bruno Juca Ribeiro4; Dario Ariel Tiferes5; Giuseppe D’Ippolito6

PDF English

Texto em Português English Text

Descritores: Linfoma; Fígado; Ressonância magnética; Tomografia computadorizada.

Keywords: Lymphoma; Liver; Magnetic resonance imaging; Tomography, X-ray computed.

Resumo:
O linfoma hepático pode ser dividido em primário e secundário. Para ser classificada como linfoma hepático primário, a doença deve estar limitada ao fígado e linfonodos hilares, sem acometimento de outros órgãos (incluindo a medula óssea). O linfoma hepático primário é muito raro, correspondendo a menos de 1% de todos os linfomas não Hodgkin. Já o envolvimento secundário do fígado ocorre em quase metade dos casos de linfoma não Hodgkin. O conhecimento dos aspectos de imagem do linfoma hepático é importante para o diagnóstico precoce e manejo adequado do paciente. Com base em imagens de casos, nosso objetivo é revisar o papel da imagem por tomografia computadorizada e ressonância magnética na identificação e segmento do linfoma hepático, ilustrando e descrevendo o amplo espectro de achados de imagem observados nas formas primária e secundária da doença.

Abstract:
Hepatic lymphoma can be divided into its primary and secondary forms. To be classified as primary hepatic lymphoma, the disease should be limited to the liver and hilar lymph nodes, with no distant involvement (to the bone marrow or other sites). Primary hepatic lymphoma is quite rare, accounting for less than 1% of all cases of non-Hodgkin lymphoma, whereas secondary hepatic lymphoma affects nearly half of such cases. Familiarity with the imaging features of hepatic lymphoma is important for its early diagnosis and appropriate management. In this essay, we aim to review the roles of computed tomography and magnetic resonance imaging in identifying and monitoring hepatic lymphomas, using sample cases to describe and illustrate the wide spectrum of imaging findings in the primary and secondary forms of this disorder.


 
RB RB RB
GN1© Copyright 2019 - All rights reserved to Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Av. Paulista, 37 - 7° andar - Conj. 71 - CEP 01311-902 - São Paulo - SP - Brazil - Phone: (11) 3372-4544 - Fax: (11) 3372-4554