Radiologia Brasileira - Publicação Científica Oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia

AMB - Associação Médica Brasileira CNA - Comissão Nacional de Acreditação
Idioma/Language: Português Inglês

Ahead of Print

ARTIGO ORIGINAL
Print 

Page(s) 141 to 147



A elastografia na avaliação de nódulos tireoidianos em pacientes pediátricos

Autho(rs): Gustavo Bittar Cunha1; Luciana Cristante Izar Marino2; André Yamaya3; Cristiane Kochi4; Osmar Monte5; Carlos Alberto Longui6; Adriano Namo Cury7; Eduardo de Faria Castro Fleury8

PDF English

Texto em Português English Text

Descritores: Neoplasias da tireoide; Criança; Nódulo da tireoide/diagnóstico por imagem; Técnicas de imagem por elasticidade; Ultrassonografia.

Keywords: Thyroid neoplasms; Child; Thyroid nodule/diagnostic imaging; Elasticity imaging techniques; Ultrasonography.

Resumo:
OBJETIVO: Avaliar a utilidade da elastografia (usando compressão manual) como uma ferramenta adicional de diagnóstico em crianças e adolescentes com nódulos da tireoide.
MATERIAIS E MÉTODOS: Este foi um estudo prospectivo realizado entre setembro de 2012 e agosto de 2013 em um hospital no Brasil. Realizamos elastografia, ultrassonografia e biópsia por aspiração com agulha fina em 32 pacientes com idade entre 6 e 18 anos que tinham, no total, 38 nódulos tireoidianos.
RESULTADOS: Os achados da elastografia em relação ao histopatológico foram corretos em 78,5% dos casos. A elastografia poderia ter evitado a tireoidectomia desnecessária de três pacientes. Apenas um nódulo maligno da tireoide foi classificado como E1.
CONCLUSÃO: Nossos resultados sugeriram que a alta elasticidade de um nódulo na elastografia está associada a um baixo risco de câncer de tireoide. Caso se confirme em outros estudos, a elastografia pode ser útil como teste de triagem complementar de nódulos tireoidianos em crianças.

Abstract:
OBJECTIVE: To evaluate the usefulness of elastography (using manual compression) as an additional diagnostic tool for children and adolescents with thyroid nodules.
MATERIALS AND METHODS: This was a prospective study conducted between September 2012 and August 2013 at a hospital in Brazil. We performed elastography, ultrasound, and fine-needle aspiration biopsy in 32 patients between 6 and 18 years of age who had, in total, 38 thyroid nodules.
RESULTS: The elastography findings correlated with the histopathological diagnosis in 78.5% of cases. In three patients, an unnecessary thyroidectomy could have been avoided if the elastography results had been prioritized. Only one malignant thyroid nodule was found to show high elasticity.
CONCLUSION: Our results suggest that high elasticity of a nodule on elastography is associated with a low risk of thyroid cancer. If further confirmed in other studies, elastography may prove useful as a complementary test for screening thyroid nodules in children.


 
RB RB RB
GN1© Copyright 2019 - All rights reserved to Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Av. Paulista, 37 - 7° andar - Conj. 71 - CEP 01311-902 - São Paulo - SP - Brazil - Phone: (11) 3372-4544 - Fax: (11) 3372-4554